EDUCAÇÃO INFANTIL 1º AO 5º ANO 6º AO 9º ANO PERÍODO INTEGRAL


 


Para o desenvolvimento do trabalho cada grupo tem seu jeito de lidar e de viver o tempo que dispõe, tem seu ritmo e sua organização no tempo e no espaço em que vive. Por isso, estabelecer a rotina em função do tempo é fundamental no desenvolvimento do trabalho pedagógico, pois ela situa a criança no tempo e no espaço, facilitando sua adaptação, assim como sua orientação durante o período em que está na escola.

A sucessão de acontecimentos dentro de uma ordem cronológica estável faz com que cada um se aproprie do seu tempo, dentro do ritmo de trabalho do grupo. A rotina aqui não é expressão do rotineiro que se arrasta tediosamente. Essa é a expressão de um ritmo pobre com muita repetição, pouca variação, homogêneo, autoritário. A rotina na escola é entendida como a expressão do pulsar do coração (com diferentes batidas rítmicas) viva do grupo.

A rotina da sala de aula, na Educação Infantil é vivenciada em diferentes momentos:

•Atividade Diversificada: Para a realização das atividades diversificadas, o aluno dispõe de um momento em que tem a oportunidade de desenvolver sozinho o que lhe é proposto, fazendo suas opções de trabalho (pintura, desenho, jogo, recorte e colagem, massinha, etc), e a professora coordena, organiza, intervém, oportunizando assim a participação de todos.

•Roda: é uma atividade coletiva em que o grupo se reúne para contar ou mostrar novidades, realizar a chamada, situar-se no tempo e no espaço, trabalhando com o calendário e organizando o planejamento das atividades do dia, etc. Esse momento da roda é para se fazer combinados, resolver problemas do grupo e introduzir a atividade programada para o dia. Portanto, essa roda pode se repetir outras vezes durante o período, sempre que necessário.

•Atividade: no momento de realização de uma atividade é solicitado à criança que realize os seus registros, em folhas, sobre o assunto discutido na roda, que pode ser individual, em duplas ou coletivamente.

•Parque: diariamente há um momento em que as crianças vão ao parque, local este em que elas brincam espontaneamente descalças, exploram brinquedos, fazem construções na areia, etc.

•Higiene: essa atividade se realiza sempre que se fizer necessário.

•Lanche: o momento do lanche é de grande importância, pois se alimentar sozinho, trocar o lanche e dividi-lo com os amigos são conquistas a serem compartilhadas e construídas ao longo do processo de desenvolvimento das crianças.

Cabe, então, ao educador, orientar as crianças nesse processo. Além disso, há muito a ser explorado, como: sabor, cheiro, origem, valor nutritivo dos alimentos, além do estímulo à aquisição de hábitos saudáveis e a construção da autonomia.

•Recreação: é uma atividade recreativa desenvolvida pelo grupo de alunos, dirigida pela professora para que as crianças possam explorar a relação corpo/espaço/ritmo e também vivenciar jogos com regras.

•Roda de Leitura: é um momento mágico e interessante, em que as crianças têm a oportunidade de ouvir, contar, recontar e fazer a pseudoleitura de diversos tipos de textos. A fantasia e a imaginação delas vêem à tona através do texto, da ilustração ou da forma como a professora vai contando. Para essa atividade é importante diversificar os gêneros textuais, isto é, trabalhar com os contos, poemas, adivinhas, parlendas, quadrinhas, lendas, trava-língua, etc.

•Dia do brinquedo: essa atividade se realiza efetivamente todas as sextas-feiras. Nesse dia, as crianças trazem o seu brinquedo preferido para brincar, compartilhar e se divertir com os colegas. Durante as brincadeiras e outras situações vivenciadas pelas crianças, elas trocam experiências entre si. Nesse dia não é permitido trazer armas de brinquedo, patins, skate, bicicletas e brinquedos eletrônicos.







Todos os direitos reservados © 2011 Escola GAPPE